Banco Central suspende pagamentos pelo Whatsapp

25/06/2020

 

 

Nesta terça-feira (23), o Banco Central anunciou que as atividades do WhatsApp Pagamentos deverão ser suspensas em território nacional. Segundo a instituição, é necessário realizar uma avaliação de riscos para que evitar o que considera “danos irreparáveis no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados.”

 

A ordem se aplica às bandeiras Visa e Mastercard e tem validade imediata. Liberada inicialmente a 1,5 milhão de usuários, a solução, associada à carteira digital Facebook Pay, se estendia, neste primeiro momento, a clientes do Nubank, do Sicredi e do Banco do Brasil, tendo sido lançada na semana passada.

 

Ainda de acordo com a entidade, a decisão foi tomada para preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato.

 

Se Visa e Mastercard, que são nominalmente citados pelo BC, desobedecerem a suspensão, poderão arcar com multa e responder a processo administrativo.

 

O WhatsApp, por sua vez, espera esclarecer a questão. Segundo porta-voz, a ideia é apoiar totalmente o projeto de pagamentos instantâneos brasileiro. “Nosso objetivo é fornecer pagamentos digitais para todos os usuários do WhatsApp no Brasil, com um modelo aberto e trabalhando com parceiros locais e o Banco Central. Além disso, apoiamos o projeto PIX do Banco Central, e junto com nossos parceiros estamos comprometidos em integrar o PIX aos nossos sistemas quando estiver disponível”, diz.

 

A Visa emitiu nota na qual diz que vai obedecer às determinações. Mas ressalta que trabalha para inovar no sistema de pagamentos, e que novos meios digitais têm alto potencial. “Continuamos entusiasmados com o potencial de meios de pagamento inovadores e abertos. Manteremos nosso trabalho para criar soluções inovadoras que aceleram a adoção de pagamentos digitais, beneficiando indivíduos, empresas e economias em geral”, afirma.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.