Due Diligence: o que é?


Estamos vivendo um momento de crise e as empresas estão buscando se adequar a essa nova realidade, tendo que lidar com os custos e despesas operacionais e com a queda de seu faturamento, o que acaba afetando a empresa na sua estrutura financeira, operacional e organizacional.

Sendo necessária a tomada de decisões e implementação de ações para garantir a continuidade operacional do seu negócio.

Listadas abaixo estão ações que possuem efeito de curto prazo e podem ser úteis nesse período:

  • redução de custos e despesas;

  • implementação de tecnologias para acesso remoto;

  • postergação dos tributos;

  • descontinuidade de linhas dos produtos/serviços com baixa margem de lucro;

  • implementação de novos produtos/serviços com alta demanda no atual contexto;

  • mudança das estratégias de entrega dos produtos/serviços;

  • captação de recursos financeiros;

  • renegociação dos compromissos financeiros; e

  • parcerias empresariais que podem advir, principalmente, de fusões, incorporações e aquisições.

Para passar pelos momentos de crise é preciso inovar, criar estratégias e, principalmente, encarar novos desafios. Algumas empresas podem passar por uma reestruturação física, econômica e/ou societária.

O momento atual é propício para que empresas capitalizadas tenham a oportunidade de investir em empresas menores que estão passando por dificuldades financeiras. Propício para união de empresas por incorporação, fusão ou aquisição para que possam manter, e até mesmo ampliar, seus negócios nesse momento desafiador que o país e o mundo estão passando.

Orientamos a todas as empresas a realização de uma Due Diligence nesse período.

Quer saber o que é?

Confira abaixo:

O que é Due Diligence?

A Due Diligence é um processo que envolve o estudo, a análise e a avaliação detalhada de informações de uma determinada sociedade empresária.

Este estudo pode incluir aspectos financeiros, contábeis, previdenciários, trabalhistas, imobiliários, tecnológicos e jurídicos da empresa. É feito para investigar e diagnosticar a gestão financeira, contábil e fiscal, trabalhista, previdenciária, ambiental, jurídica,

imobiliária, de propriedade intelectual e até mesmo tecnológica da empresa.

No setor contábil, a Due Diligence abrange:

  • análise aprofundada de documentos e demonstrações contábeis e financeiras

  • avaliação da situação financeira do negócio

  • verificação da existência de possíveis riscos ou oportunidades para o negócio

  • revisão da situação contábil

Por que você deve realizar a Due Diligence na sua empresa?

Porque ele permite que você tenha uma visão ampla da real situação do seu negócio.

Realizar este procedimento na sua empresa vai ajudar a compreender alguns aspectos importantes sobre ela:

  • posicionamento no mercado;

  • situação fiscal e contábil, e estratégias que precisam ser formuladas para evitar problemas financeiros;

  • principais riscos relacionados ao negócio

Tendo como principal vantagem prever e mensurar situações de risco que, até então, não haviam sido diagnosticadas. Te ajudando com a correção de falhas e a evolução da sua empresa.

Para mais informações sobre o processo, procure a RTL Consulting, nós podemos te ajudar!

Recent Posts
Archive
Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.